quarta-feira, 26 de março de 2008

Romanos 5:3,4 – E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança.
O apóstolo Paulo delineia a progressão do crescimento na grandeza: Sofrimento, perseverança, carácter, esperança, amor. Na realidade se realmente quisermos saber o que acontece ao aposto Paulo, devemos ler a lista de trás para frente. Era o amor de Deus comunicado a ele mediante Cristo que lhe dava esperança e a solidão de sua vida militante que ele foi curado até às profundezas do ser. Paulo descobriu que poderia ser bom o suficiente para merecer esse amor.
E por causa disto ele podia encarar os desapontamentos, as dificuldades e as rejeições. O sofrimento produziu a perseverança, e a perseverança produz o carácter em virtude do fundamento que Deus constrói nele. As suas tribulações não quebraram, porque sabia pertencer a Deus. A vida, com todas as cruéis realidades, fez dele um homem melhor porque ele era um homem de Deus.

1 comentário:

Abel Varandas disse...

Parabéns pelo seu novo blog!